Jubileu com segurança reforçada: dois mil homens pelas ruas de Roma Uma Roma "blindada" por ocasião da abertura do Ano Santo

221
  • Italiano
giubileo sicurezza

Está pronto o plano de segurança para o Jubileu da misericórdia, que se iniciará em Roma no próximo dia 8 de dezembro. Serão mais de duas mil pessoas empenhadas, as quais fazem parte de todas as forças de segurança: polícias civil, militar, federal e até da policia florestal. Um verdadeiro exército que garantirá o monitoramento de mais de mil “pontos sensíveis”, entre os quais estão eventos considerados “sob risco”, além de ônibus e metrôs.

A praça de São Pedro é o local onde a segurança será mais reforçada mas, como se esperava, os principais monumentos da capital e todos os pontos turísticos estarão sob vigilância. Além disso, haverá um reforço em relação ao controle nos aeroportos, estações ferroviárias e nos arredores do famoso rio Tibre que corta a cidade. O plano de segurança, com mais de 200 páginas, traz todas as medidas a serem tomadas. Uma série de ações ilustradas nos detalhes pelo superintende geral da polícia de estado, Nicolo’ D’Angelo e pelo prefeito de Roma e comissário extraordinário para o Jubileu, Franco Gabrielle.

“Não haverá ‘áreas de alerta laranja ou vermelho’ “, explicou o prefeito durante a apresentação do plano. Em relação aos voos, foi explicado que não existem situações extremas que exijam o uso de equipamentos para abater aviões, mas haverá uma cadeia de comando em relação aos voos comerciais, os quais estão sob responsabilidade do ministro da defesa, do qual se espera uma última palavra e a decisão sobre uma intervenção contra qualquer tipo de ameaça nos céus. Em relação aos drones, cabe ao prefeito decidir como tratará a questão. Para drones leves, o problema está no fato de impedir que esses meios alcem voo, e o único modo para que isso aconteça é acionando o serviço  de inteligência e prevenção a partir dos aparatos de segurança que o governo da Itália já dispõe.

Além da praça de São Pedro, outro local que receberá muita atenção será o Estádio Olímpico, considerado um “local de perigo em potencial”, que além do controle na entrada, receberá um reforço em relação aos detectores de metais, como aconteceu no último domingo (22), durante o jogo Lazio e Palermo. Detectores de metais também serão utilizados nos acessos à Praça de São Pedro e nas outras praças e basílicas jubilares da capital, além das atrações turísticas, entre os quais, está o Coliseu. A partir desta segunda-feira em diante, foi intensificada a segurança nos transportes públicos e nos pontos de atendimento da capital.

(Tradução: Mirticeli Medeiros)

 

Avviso: le pubblicità che appaiono in pagina sono gestite automaticamente da Google. Pur avendo messo tutti i filtri necessari, potrebbe capitare di trovare qualche banner che desta perplessità. Nel caso, anche se non dipende dalla nostra volontà, ce ne scusiamo con i lettori.

SEM COMENTÁRIO